Como as novas tecnologias afetam a criatividade do estudante?

UNIVERSIA • 04 de fevereiro de 2019

A era digital na sala de aula permite uma revolução no ensino e promove o trabalho em equipe, criatividade e solução de problemas complexos

A tecnologia é a chave para ajudar os estudantes a obter sucesso. Tem o poder de capacitar os estudantes de hoje para criar o mundo do amanhã. Aqueles que forem equipados com habilidades digitais trabalharão em profissões que nem imaginamos e construirão uma tecnologia que ainda não somos capazes de imaginar.

A tecnologia é uma ferramenta para potenciar a criatividade dos estudantes, sua sagacidade.

A sala de aula invertida (Flipped Classroom) é um modelo pedagógico que transfere ao trabalho de determinados processos de aprendizado fora da sala de aula, e utiliza o tempo da aula junto com a experiência do docente, para facilitar e potencializar outros processos de aquisição e prática de conhecimentos dentro da sala de aula.

Esse modelo está mudando as escolas e as universidades. A Função do Docente muda quando se deve desenvolver suas atividades em um ambiente virtual de ensino-aprendizado que, além do mais, deixa de ter limitações geográficas, físicas, temporais e que tende a dar resposta aos grupos de alunos cada vez mais heterogêneos e diversos. O professor desempenha uma função de facilitador. Ele tem o desafio de orientar os esforços para integrar as tecnologias de maneira coerente e eficaz dentro dos diferentes processos de aprendizado.

A figura do aluno ocupa um papel central dentro do processo educativo. Os estudadntes tomam consciência cada vez mais cedo de suas habilidades, demonstrando uma maior predisposição à participação e à toma de decisões na sala de aula, tanto se trabalha de maneira individual como se o fazem de maneira colaborativa. Desta forma, se produz uma demanda de conteúdos cada vez mais personalizados e adequados às suas necessidades formativas.

A tecnologia consiste em envolver a cada estudante em diferentes estilos de aprendizado, um ambiente de imersão donde os estudantes aprendem fazendo.

Os ambientes de criação e colaboração criativa baseada em jogos, a possibilidade de criar modelos em 3D e vê-los na realidade e seus dispositivos potentes e acessíveis para a educação são o ambiente de aprendizado perfeito para que os alunos cheguem a ser os profissionais do amanhã que esta sociedade demanda.

Tendência tecnológica

A realidade mista, desde os processos simples como a criação em 3D e sua representação na realidade ao alcance de todos, como o uso da tecnologia inovadora e de ponta, como Hololens, vai permitir trabalhar em espaços inacessíveis ou impossíveis de alcançar na vida real, desde qualquer lugar do mundo.

Notícia publicada no site da UNIVERSIA, em 31/01/2019, no endereço eletrônico: http://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2019/01/31/1163891/novas-tecnologias-afetam-criatividade-estudante.html


Restrito - Copyright © Abrafi - Todos os direitos reservados