Carta do BNDES ao FÓRUM.

. • 20 de abril de 2020

Prezados associados,

Segue a Carta 034/2020- BNDES em resposta ao Ofício FÓRUM nº 175/2020, de 06/04/2020 que trata da necessidade de criação de uma linha de crédito específica para o setor educacional.

Carta 034/2020 – BNDES GP

Rio de Janeiro, 17 de abril de 2020.

Aos Senhores CELSO NISKIER

Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior – ABMES,

ARTHUR SPERANDEO DE MACEDOAssociação Nacional dos Centros Universitários – ANACEU,

EDGARD LARRY ANDRADE SOARES

Associação Brasileira das Mantenedoras das Faculdades – ABRAFI,

PAULO ANTONIO GOMES CARDIM

Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino – CONFENEN, HERMES FERREIRA FIGUEIREDO

Sindicato das Entidades Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado

de São Paulo – SEMESP, AMÁBILE PACIOS

Federação Nacional das Escolas Particulares – FENEP, e

RUY OTÁVIO BERNARDES DE ANDRADE

Sindicato das Entidades Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado do Rio de Janeiro – SEMERJ

FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DO ENSINO SUPERIOR PARTICULAR – FÓRUM

contato@forumensinosuperior.org.br

Ref.: Of. FÓRUM nº 175/2020, de 06/04/2020.

Assunto: Necessidade de criação de uma linha de crédito específica para o setor educacional

Prezados Senhores,

Em atendimento ao Of. FÓRUM nº 175/2020, de 06/04/2020, registramos que o BNDES envida esforços para o enfrentamento dos graves problemas econômicos e sociais oriundos do COVID-19 e agradecemos o contato para apoio do BNDES na mitigação dos efeitos da crise sobre as instituições privadas de ensino superior.

Reconhecemos o papel fundamental que essas instituições exercem para o desenvolvimento social e econômico brasileiro, ao contribuir para a formação de mais de seis milhões de estudantes, o que representa cerca de 75% das matrículas dessa etapa de ensino.

Como iniciativa de apoio ao enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia, o BNDES expandiu a oferta de capital de giro para empresas ou grupos econômicos (quando for o caso) com faturamento anual de até R$ 300 milhões até 30/09/2020, com limite de financiamento de até R$ 70 milhões por grupo econômico.

Nosso objetivo é oferecer crédito rápido e flexível, amortecendo os impactos financeiros da pandemia para a continuidade das atividades das instituições e contribuindo para a manutenção de empregos no Brasil. Pelo menos R$ 5 bilhões estarão disponíveis por meio dessa linha de crédito, que pode ser acessada também por instituições de ensino.

Para solicitar seu financiamento, a instituição deve procurar um agente financeiro credenciado do BNDES, que pode ser um banco comercial ou uma agência de fomento, ou enviar sua solicitação pelo Canal MPME do BNDES: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/financiamento/canal-mpme/canal-mpme/.

Mais informações podem ser obtidas em: https://www.bndes.gov.br/wps/portal

/site/home/financiamento/produto/bndes-credito-pequenas-empresas ou no folder anexo.

Não obstante os esforços descritos, o BNDES permanece aberto para discutir novas iniciativas de apoio à recuperação da atividade econômica do país e ao combate à pandemia do coronavírus.

Sem mais para o momento, coloco-me à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários.

Atenciosamente,

BRUNO CALDAS ARANHA

Chefe do Gabinete da Presidência



Restrito - Copyright © Abrafi - Todos os direitos reservados