Pandemia faz com que 83% dos jovens se sintam pressionados sobre futuro acadêmico, diz pesquisa

G1 • 29 de setembro de 2020

Fonte da Notícia: G1

Data da Publicação original: 28/09/2020

Publicado Originalmente em: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/09/28/pandemia-faz-com-que-83percent-dos-jovens-se-sintam-pressionados-sobre-futuro-academico-diz-pesquisa.ghtml

Íntegra da notícia abaixo:

A pandemia faz com que 83% dos jovens se sintam pressionados em relação ao futuro acadêmico. — Foto: Tim Gouw / Unsplash

A pandemia faz com que 83% dos jovens se sintam pressionados em relação ao futuro acadêmico, aponta a pesquisa "A nova realidade da educação", feita pela área de Inteligência de Mercado da Globo, em parceria com o Instituto Toluna, divulgada nesta segunda-feira (28). Foram ouvidas 1,5 mil pessoas acima de 16 anos.

Apesar das dificuldades neste período, 94% dos entrevistados afirmaram que querem continuar estudando. Entre aqueles que desistiram de estudar, 68% pretende voltar às aulas após a interrupção provocada pela pandemia.

A maioria destes jovens vê o diploma associado a uma melhora de vida. De acordo com a pesquisa, 84% acreditam que o diploma é valorizado pelas empresas e 87% afirmam que o ensino superior é essencial para conseguir um bom emprego.

Diante das dificuldades, especialistas alertam que a evasão e o abandono dos estudos poderá aumentar com a pandemia, piorando ainda mais os saldos atuais do país.

Entre os jovens brasileiros de 15 a 17 anos, cerca de 30% não estão matriculados no ensino médio. Antes da crise sanitária, mais da metade (52,6%) dos brasileiros de 25 anos ou mais ainda não havia concluído a educação básica, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), etapa que vai até o ensino médio. Outros 11 milhões de brasileiros ainda são analfabetos, ou seja, não tiveram acesso a nenhuma forma de escolarização.


Restrito - Copyright © Abrafi - Todos os direitos reservados