MEC visitou instituições de pesquisa e ensino superior militar

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO • 06 de julho de 2021

Fonte da Notícia: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
Data da Publicação original: 05/07/2021
Publicado Originalmente em: https://www.gov.br/mec/pt-br/assuntos/noticias/mec-visitou-instituicoes-de-pesquisa-e-ensino-superior-militar

Imagem: Catarina Chaves/MEC

O Ministério da Educação (MEC), representado pelo secretário de educação superior, Wagner Vilas Boas e pelo diretor de programa, Márcio de Aquino Terra, realizou uma visita ao Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica (DCTA), em São José dos Campos (SP), na última terça-feira (29). Convidado pelo Ministério da Defesa, o MEC conheceu de perto as principais atividades de ensino e pesquisas que estão sendo desenvolvidas no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), no Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e no Instituto de Estudos Avançados (IEAv).

Participaram também da visita, representantes da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); do Ministério da Defesa; do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI); do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); e do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Wagner Vilas Boas afirmou que a visita ocorreu para que a comitiva pudesse conhecer os investimentos nos laboratórios e as pesquisas que o DCTA está realizando com o apoio do MEC. "Nós visitamos os prédios que foram construídos com recursos do MEC, as vagas que estão sendo ampliadas, e fomos conhecer também os laboratórios e as pesquisas que estão sendo desenvolvidas por meio de bolsas de pós-graduação ofertadas pela Capes", disse o secretário.

O MEC tem apoiado a expansão do ITA, em consonância com a Meta 12 do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê a elevação da taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurada a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% das novas matrículas, no segmento público.

Na última quarta-feira (30), o MEC teve a oportunidade de conhecer, também, as atividades do Instituto Militar de Engenharia (IME) e a Escola Superior de Guerra (ESG), ambos do Rio de Janeiro. O MEC, a partir deste ano, apoiará o IME em sua expansão, também em consonância com a Meta 12 do PNE. "A partir deste ano, nós vamos dar apoio ao IME, para sua expansão também, visando aumentar o número de vagas de graduação. O apoio começará agora e se estenderá até 2024", afirmou Wagner.

Além disso, o MEC, por meio da Capes, financia com bolsas de mestrado e doutorado, além de pesquisas, todos os institutos visitados, tanto da aeronáutica quanto do exército. O secretário de educação superior do MEC finaliza: "O MEC tem apoiado essas instituições, tanto na expansão de vagas quanto na qualidade do ensino. Seja na graduação, com o apoio da Secretaria de Educação Superior (Sesu); seja na pós-graduação, no mestrado e no doutorado, com o apoio da Capes", afirma Wagner.


Restrito - Copyright © Abrafi - Todos os direitos reservados